um infinito de informações: saúde, meio ambiente, inclusão social, qualidade de vida e mais...

Pilates: a melhor forma de reeducar o seu corpo

Entenda como a prática do Pilates é uma ferramenta muito importante para a saúde e pode tratar varias de suas dores

img

Você alguma vez já parou para ouvir o seu corpo? Para prestar atenção nas mensagens que ele diz? Seu corpo fala e uma das vozes mais fáceis de entender, infelizmente, são as dores. Mas é possível eliminá-las, e aprender a prestar atenção à sua postura é uma das formas.

No mundo contemporâneo, veloz e estressante, muitas vezes atividades simples e cotidianas, como levantar, sentar, carregar as compras, falar ao celular ou dirigir, podem provocar pequenas lesões na nossa musculatura quando não realizadas da forma consciente e correta. E é exatamente a consciência do corpo, das suas capacidades e também limitações, que o método Pilates pretende promover nos praticantes.

Tendo como inspiração os aprendizados do Pilates Clássico, desenvolvido pelo alemão Joseph Pilates no século passado, os exercícios são direcionados aos quadrantes musculares do corpo, com enfoque na respiração e na melhora do tônus muscular, visando ao fortalecimento do core – comumente conhecido como centro de força – que é a região que dá ênfase aos músculos profundos do abdômen, da coluna e do assoalho pélvico, formando um cilindro de estabilidade ao redor da coluna denominado Power House. Diferente da musculação, onde o objetivo é inchar o músculo, no Pilates procura-se trabalhar com pesos menores para promover uma flexibilidade e resistência maior.

Segundo Alessandro Costa, a missão do Pilates é preparar o corpo do paciente para situações de tensão e estresse, entendendo que “a saúde física é o principal requisito da felicidade”, como defendeu o próprio Joseph Pilates. A primeira área atingida quando a tensão e o estresse são constantes é a musculatura. Trata-se de uma resposta do corpo. Na busca da saúde e do bem-estar, o Pilates reúne diversos exercícios físicos e práticas de respiração e relaxamento que ajudam na prevenção e fortalecimento do corpo para o enfrentamento de diversas situações. É por esse motivo, inclusive, que hoje em dia os médicos indicam muito o Pilates como continuação do tratamento fisioterapêutico.

Há quem imagine que Pilates se direciona somente para as mulheres. Contudo, essa não é uma verdade, já que a manifestação da dor atinge todas as pessoas, de todas as idades. E é impossível ser feliz sentindo dor. Por isso, atualmente, tanto o público feminino quanto masculino tem procurado o Pilates para prevenir ou tratar lesões em esportes como corrida, futebol, ou até mesmo em atividades simples, como passar o dia todo trabalhando sentado em frente ao computador.

* Esta ferramenta não fornece aconselhamento médico. destina-se apenas a fins informativos gerais, não pretende concluir nenhum diagnóstico e não aborda circunstâncias individuais. Não é um substituto do aconselhamento ou acompanhamento de profissionais da saúde. Alertamos que o diagnóstico e o tratamento não devem ser baseados neste site para tomar decisões sobre sua saúde. Jamais ignore o conselho médico profissional por algo que leu no www.saude.com.br. Se tiver uma emergência médica, ligue imediatamente para o seu médico.

  • Esta matéria pertence ao acervo do saude.com.br