um infinito de informações: saúde, meio ambiente, inclusão social, qualidade de vida e mais...

Sociedade Brasileira de Dermatologia dá dicas para o folião brincar o Carnaval

Caia na folia dessa época do ano, mas com atenção e cuidados

img

O Carnaval está chegando. É hora de se preparar para a folia! Pensando em quem vai aproveitar a festa na rua, a Sociedade Brasileira de Dermatologia alerta para os cuidados necessários com a pele durante os próximos dias. Veja as dicas:

- Sempre que entrar em contato com frutas cítricas (limão, tangerina e caju), seja in natura, sucos ou picolés, lave muito bem a região antes de se expor ao sol para evitar queimaduras e manchas.

- Tente se programar para acordar cedo e aproveitar os blocos até às 10h, fora do horário de pico do sol. Ou, se preferir, deixe para curtir a folia depois das 16h.

- Vai levar as crianças para o bloco? Tome alguns cuidados com os pequenos: evite fantasias com tecidos sintéticos, que esquentam e podem causar alergia, aproveite fantasias que tenham chapéus, principalmente os de aba larga, e não deixe as crianças com roupas molhadas para não provocar micoses. Essa dica também serve para os adultos.

- Escolha uma fantasia leve e não exagere na maquiagem. Use maquiagem, brilho e glitter de marcas de confiança para evitar dermatite de contato e alergias.

- Proteja os pés de calosidades, traumas e risco de cortes. Use sapatos confortáveis, folgados ou tênis. Se tiver bolhas nos pés, não estoure para não infeccionar.

- Os sprays de espuma contêm substâncias tóxicas, tome cuidado, pois o contato com a pele pode causar reação alérgica.

- Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs) podem trazer uma série de danos à saúde. Por isso, não esqueça a camisinha e evite doenças como Sífilis, HPV, HIV e Hepatites B e C.

Lembre-se, caia na folia, mas não esqueça a proteção!

* Esta ferramenta não fornece aconselhamento médico. destina-se apenas a fins informativos gerais, não pretende concluir nenhum diagnóstico e não aborda circunstâncias individuais. Não é um substituto do aconselhamento ou acompanhamento de profissionais da saúde. Alertamos que o diagnóstico e o tratamento não devem ser baseados neste site para tomar decisões sobre sua saúde. Jamais ignore o conselho médico profissional por algo que leu no www.saude.com.br. Se tiver uma emergência médica, ligue imediatamente para o seu médico.

  • Esta matéria pertence ao acervo do saude.com.br