um infinito de informações: saúde, meio ambiente, inclusão social, qualidade de vida e mais...

Musculação na terceira idade

A atividade física vem ganhando certa fama entre a melhor idade e pode contribuir para um envelhecimento mais saudável

img

De uma forma geral, diversos tipos de atividades físicas contribuem para a melhora da saúde e qualidade de vida na terceira idade. Contudo, a musculação vem ganhando um grande destaque entre os mais velhos. Por ser uma atividade física que possibilita um direcionamento no treinamento físico, visa amenizar as perdas funcionais durante o processo de envelhecimento, e pode ajudar a torná-lo mais saudável.

Essa atividade física é benéfica em muitos fatores, como na redução da perda de força e potência, massa muscular, massa óssea, das funções cardiovasculares e respiratórias, e atua diretamente na recuperação significativa da força, equilíbrio, agilidade e flexibilidade, entre outros benefícios.

Estudos mostram que os efeitos dos exercícios feitos com regularidade em idosos constataram que, além do aumento na força e hipertrofia muscular, ocorreu também o aumento da expressão gênica em 179 genes diferentes. Ou seja, o perfil genético teve uma alteração muscular, resultando em uma juvenilização desse perfil, colocando os idosos, sob o ponto de vista muscular, no mesmo nível de indivíduos mais jovens, assim como também a sua vida social, pois o isolamento e não socialização podem desenvolver patologias.

Além disso, a diminuição do estresse, o aumento da interação social, confiança, auto-estima, independência e o combate ao sedentarismo estão, no mínimo, como base entre todos os benefícios que o exercício bem direcionado pode resultar para o idoso.

Contudo, fica clara a importância de acompanhamento de um profissional de educação física e a responsabilidade de compreender como se dá o processo de envelhecimento no presente e no futuro, podendo então utilizar ações e estratégias que visem especificamente o que cada indivíduo necessita, com o objetivo de beneficiar essas pessoas com mais saúde e qualidade de vida.

* Esta ferramenta não fornece aconselhamento médico. destina-se apenas a fins informativos gerais, não pretende concluir nenhum diagnóstico e não aborda circunstâncias individuais. Não é um substituto do aconselhamento ou acompanhamento de profissionais da saúde. Alertamos que o diagnóstico e o tratamento não devem ser baseados neste site para tomar decisões sobre sua saúde. Jamais ignore o conselho médico profissional por algo que leu no www.saude.com.br. Se tiver uma emergência médica, ligue imediatamente para o seu médico.

  • Esta matéria pertence ao acervo do saude.com.br