img

Emagrecimento: como comer chocolate sem culpa?

Conheça dicas para quem está brigando com a balança, mas não abre mão do chocolate

O chocolate costuma ser um verdadeiro martírio para quem está de dieta, principalmente nas datas comemorativas. No entanto, especialistas afirmam que, consumido de maneira correta, este produto, tido muitas vezes como vilão, pode se tornar um grande aliado ao emagrecimento.

O primeiro passo para se deliciar sem culpa é dosar a quantidade. Cada 100g dessa maravilha podem conter até 580 calorias. Por isso, a nutricionista Débora Medeiros recomenda que a ingestão diária não ultrapasse 30g. "O chocolate indicado é o amargo ou meio-amargo. Ele é menos calórico do que o chocolate ao leite, além de ser rico em cacau, um excelente antioxidante", ressalta a nutricionista.

Para os chocólatras, aqueles que têm desejo contínuo por chocolate, uma boa saída são as barrinhas de 5g. Neste caso, o consumo é dividido em vários momentos durante o dia, saciando o desejo do doce, mas sem ultrapassar a quantidade recomendada. Débora afirma ainda que o produto pode ajudar nos resultados da dieta. "Muitas pessoas têm dificuldade em se adaptar a um novo cardápio, o que pode gerar um desconforto e a desistência de seguir o programa estabelecido. Como o chocolate auxilia a liberação do hormônio do prazer, ele atua como um antidepressivo, reduzindo a ansiedade e o desejo de comer outros alimentos que prejudicam a dieta".

No dia a dia, uma opção para "enganar" a vontade de comer doce é a mistura de pedacinhos de chocolate com granola e frutas. Dessa forma, você diminui a quantidade de chocolate ingerido e a absorção de açúcar. Outra vantagem dessa combinação é a ingestão de fibras, que auxiliam o funcionamento do intestino e reduzem o colesterol, entre outros benefícios.

O chocolate diet é tão calórico quanto o comum, mas o alto índice de gordura pode representar um risco, principalmente para quem tem o colesterol alto. Como ele é destinado a pessoas diabéticas, o produto não contém açúcar, mas é rico em gordura.

Uma alternativa saudável ao chocolate é a alfarroba, tanto em pó quanto em barra, proporcionando mais opções do seu uso. Ela tem textura e sabor muito parecidos com o chocolate, mas não possui lactose nem açúcar. O valor calórico não faz muita diferença se comparado ao chocolate, mas os nutrientes desta semente compensam a substituição.

* Esta ferramenta não fornece aconselhamento médico. destina-se apenas a fins informativos gerais, não pretende concluir nenhum diagnóstico e não aborda circunstâncias individuais. Não é um substituto do aconselhamento ou acompanhamento de profissionais da saúde. Alertamos que o diagnóstico e o tratamento não devem ser baseados neste site para tomar decisões sobre sua saúde. Jamais ignore o conselho médico profissional por algo que leu no www.saude.com.br. Se tiver uma emergência médica, ligue imediatamente para o seu médico.

Esta matéria pertence ao acervo do saude.com.br

brand

Um infinito de informações: saúde, meio ambiente, inclusão social, qualidade de vida e mais...